fevereiro 15, 2008

Diversão e aprendizado no banho

A hora do banho é um momento de grande interação entre pais e filhos. É um momento de muitas experiências que, se exploradas, transformam-se em oportunidades de aprendizado através da brincadeira.

Um bebê em seus primeiros meses de vida ou uma criança com dificuldades severas de movimentação podem estar num mesmo estágio de desenvolvimento motor onde possuem pouco controle sobre seus movimentos e não utilizam as mãos para brincar. Nesta fase, você pode estimular seu filho a focalizar seu rosto enquanto você o banha e conversa com ele. Isso o ajuda a desenvolver sua comunicação inicial que pode vir como resmungos, chutes e sorrisos. Mantenha o diálogo repetindo os sons emitidos por ele e introduzindo novos sons de vez em quando. Com o passar do tempo, você pode ajudar a criança a bater com as mãos na água e, assim, fazer com que observe o que ocorre com a água quando o faz.

Uma maneira de estimular a confiança, cooperação e atenção da criança é ir narrando o que irá fazer a seguir. Comece antes mesmo do banho, mostrando o box ou a banheira, as torneiras de água quente e fria, o chuveiro, como você abre e fecha a torneira, mostre a diferença do som do fluxo da água forte e fraco, explique porque você testa a temperatura da água e deixe que a criança também experimente a diferença entre a água fria e morna. Permita que ela ajude, dentro de suas possibilidades e limitações, com toda a preparação e durante o banho.

Já no banho, ofereça buchas com texturas diferentes e flanelas para aguçar a percepção da criança com a parte esfregada. Se ela não é capaz de se ensaboar sozinha, proporcione essa experiência à ela sem se esquecer de ir falando aonde irá passar a bucha e prepará-la para a sensação que virá, se o estímulo será mais áspero ou mais macio. Se o seu chuveiro tiver aquelas mangueirinhas (chuveirinho), uma ótima maneira de aumentar a percepção sensorial e desenvolver a percepção corporal é ensaboando toda criança e depois posicionar o jato de água nas várias partes de seu corpo, estimulando-a olhar e tocar, nomeando-as. Sempre observe com muita atenção a resposta da criança a esses jogos, qualquer demonstração de insatisfação, como um aumento do tônus muscular, deve ser levado em conta e a intensidade da brincadeira deve ser modificada ou até mesmo evitada.
O mercado oferece uma grande variedade de brinquedos para serem utilizados na hora do banho: flutuantes, infláveis e com ventosas. Mas é possível utilizar objetos que temos em casa, como garrafas plásticas, potes de danone, frascos de iogurte, tampas, que proporcionam a mesma diversão. Estimule seu filho a perceber as diferentes ações de cada objeto, como uns flutuam e outros afundam, como são mais leves ou mais pesados quando cheios de água e assim por diante. Ele pode aprender a passar a água de um recipiente para o outro e depois esvaziá-lo. Isso o ajuda a desenvolver movimentos de coordenação motora.

Muitos de nós, adultos, gostamos de cantar na hora do banho. Procure descobrir se seu filho sente prazer com a música na hora do banho. Cante cantigas que ele está acostumado a ouvir ou crie a própria música de vocês para marcar este momento.

Depois de toda essa diversão durante o banho, a hora de sair do banho pode ser desagradável. Portanto, leve a brincadeira até o final. Faça com que a criança lhe entregue o sabonete, ajude a guardar os brinquedos antes de tirá-la da banheira, continue a conversar com ela e mostrar as partes de seu corpo mesmo na hora de se secar e se vestir. Independente do grau de comprometimento, é sempre importante estimular alguma ação da criança, por menor que ela seja.

A seguir, a música Ratinho tomando banho, de Hélio Ziskind, que está no cd "Meu pé meu querido pé". É um ótimo exemplo de música para a hora do banho.

Para ouvir clique em play (►) no painel de controles abaixo.










Tchau preguiça
Tchau sujeira
Adeus cheirinho de suor
Oh...
Lava lava lava
Lava lava lava
Uma orelha uma orelha
Outra orelha outra orelha
Lava lava lava lava
Lava a testa, a bochecha,
Lava o queixo
Lava a coxa
E lava até...
Meu pé
Meu querido pé
Que me agüenta o dia inteiro
Oh Oh
E o meu nariz
Meu pescoço
Meu tórax
O meu bumbum
E também o fazedor de xixi
Oh...
La la
Laia laia la
Laia la la la
Laia la
La la la la la
Hum... Ainda não acabou não
Vem cá vem... vem
Uma enxugadinha aqui
Uma coçadinha ali
Faz a volta e põe a roupa de paxá
Ahh!
Banho é bom
Banho é bom
Banho é muito bom
Agora acabou!

Pesquise preços deste CD aqui

4 comentários:

Betty disse...

Pois é, olha só como uma atividade simples e rotineira pode se transformar em um momento de aprendizado, em uma brincadeira educativa. Achei ótimo este tópico. Agora... a música me fez lembrar dos cinco aninhos do Rafa. Lembra como ele pulava enquanto cantava a música do galo??? Era muito divertido!! Beijos. Betty

LeticiaBúrigoTK-1288 disse...

Oi Amanda, tudo bem com vcs? Passo por aqui de vez em quando, um beijao! leticia

paidopedro disse...

gostei muito do seu blog. bom trabalho de partilha e muita atitude positiva. também tenho um filho com pc, com 8 anos. tudo de bom para vcs.

Flavinha disse...

Adorei o seu blog,também sou mãe de uma criança com PC que se chama Pedro. Ele tem 7 anos hoje, vou procurar este cd da música do banho, achei le linda e Pedro adora um banho. Sou presidente de uma associação de PC no meu estado.
Vou passar o nosso e-mail para mantermos contato.
Bjs e parabéns pelo trabalho e pelo Lucas.
Flávia